LIVRO

Quinto capítulo - Romance Luiz e Luica

31 de agosto - 22h35

 " Novembro de 1969. Eu, Luiz Antonio e nossa filha embarcamos rumo ao desconhecido.

Sabíamos que não nos seria tão fácil vencer essa nova etapa, mas estávamos certos de que nos seria benéfico. Ao chegarmos em New York, apesar de uma tia minha estar nos esperando, tudo nos parecia estranho.

Parecia estarmos vivendo um sonho. Esta sensação durou apenas algumas horas , pois após o impacto da chegada, com sorrisos, beijos e abraçõs, minha tia nos comunicou que já havia arrumado trabalho para nós.

E lá, nos Estados Unidos, a maioria dos imigrantes só conseguem serviços braçais, operariado, não tem jeito, mas com um ganho muito mais valorizado que no Brasil.

No dia seguinte seríamos levados a uma casa de praia de ROCKWAY -BEACH, N.Y., a qual deveríamos pintá-la.

E isto aconteceu. Com pincéis, alguns galões de tinta, alguns gêneros alimentícios, lá fomos deixados.

Quão dura foi nossa primeira experiêcia naquele país estranho !

Não conhecíamos a língua, sozinhos nos encontrávamos, e mal sabíamos pegar no pincel.

Lá fora nevava fortemente, INABEL aproveitava para brincar, afundar seus pés na neve, fazer bolinhas e até um homem das neves.

Ficávamos na frente da janela da casa, eu fazia um café quente, e olhávamos os esquilos, sentindo já as saudades do Brasil.

Apesar de tudo , foi uma delícia, porque os três trabalhávamos unidos. Após algumas pinceladas, Luiz Antonio borrava todo o chão e eu ia atrás dele com uma espátula, conseguindo dar boas risadas. "

Compartilhar post nas redes sociais:

  • Logo Facebook

Comentários